imagem_aoutravoz_jpg.jpg

Montalegre 2017.

Categoria: Barroso Publicado em sexta, 29 setembro 2017, 23:59

Terminada que está a campanha eleitoral, daqui por breves segundos entraremos no chamado dia de reflexão.

Tal como ficou demonstrado no vergonhoso debate autárquico realizado na Rádio Montalegre, na passada terça-feira – onde terão desencantado o moderador, intitulado de JORNALISTA –, os nervos parecem estar à flor da pele.

Domingo, dia 1 de outubro, não se esperam surpresas sobre quem será o próximo Presidente da Câmara Municipal de Montalegre.

No entanto, depois de contados os votos, haverá, certamente, muitos motivos para que as diversas personalidades envolvidas na disputa eleitoral possam “cantar vitória”. Uns, porque aumentaram o número de votos, outros, porque aumentaram o número de Freguesias. Outros ainda irão descobrir motivos que não lembram a ninguém.

Como o que está aqui em causa são os votos obtidos pelos diferentes partidos, deixamos aqui, para reflexão, os resultados eleitorais de 2009 e 2013, quer para a Câmara Municipal, quer para a Assembleia Municipal.

Câmara Municipal

 

2009

2013

PS

5 676

4 913

PSD/CDS

3 245

2 873

PCP/PEV

77

132

BE

132

Não concorreu

Brancos

183

231

Nulos

149

196

Votantes

9 462

8 345

Inscritos

15 395

15 201

Assembleia Municipal

 

2009

2013

PS

5 388

4 766

PSD/CDS

3 409

2 899

PCP/PEV

137

157

BE

184

Não concorreu

Brancos

210

295

Nulos

127

227

Votantes

9 455

8 344

Inscritos

15 395

15 201

Assim, atendendo à verdade dos números, depois de contados os votos, cada um tirará as suas próprias conclusões.