topo1.jpg

Autor

Filipa Dias

Natalidade deixou de cair.

NatalidadeSegundo os dado agora revelados pelo instituto Ricardo Jorge, este será o ano de inversão da queda abrupta nos nascimentos. O distrito de Vila Real lidera o aumento do número de nascimentos tendo-se registado um acrescimo de 12%. Infelizmente, no concelho de Montalegre, tal como em 2014, nasceram apenas cerca de 40 crianças. A título de curiosidade refira-se que em Lisboa o subsídio dado às grávidas, em função dos rendimentos, varia entre os 92,29 e os 140 euros por mês, podendo ser pedido a partir da 13.ª semana de gravidez.

Ler mais

A capacidade de liderança é inata.

SePO que faz com que uma pessoa que chegue ao poder passe de um dia para o outro de bestial a besta? Não é certamente pelo poder em si, porque as pessoas, para chegarem a líderes, têm de ter dentro delas motivação para isso. Nasce-se ou não com essas características, que depois se desenvolvem ou não consoante o meio em que se está inserido.

Ler mais

Política de baixo nível.

A Câmara Municipal de Cascais agendou para a próxima segunda-feira, a discussão da proposta do vereador socialista, Alexandre Sarmento, que pretende tirar a medalha de mérito do município a Ricardo Salgado, ex-presidente do BES ou, como muitos defendem, ex-dono disto tudo.

Recorde-se que Ricardo Salgado recebeu galardão de mérito empresarial em 1999.

Ler mais

Misericórdia de Boticas visita Fátima

BoticasNo dia 5 de Junho, a Santa Casa de Misericórdia de Boticas promoveu um dia diferente aos utentes do Lar de Idosos, CADAT e Lar de Santo Aleixo, com uma viagem ao Santuário de Fátima.

Com a saída de Boticas, ainda durante o amanhecer, este passeio organizado pela Santa Casa da Misericórdia de Boticas permitiu aos seus integrantes a visita aos belos espaços do Santuário, entre os quais se destacam as suas Basílicas. De referir que durante esta visita houve também espaço para que a excursão pudesse assistir a uma missa, na Capelinha das Aparições, acompanhados pelo Presidente do Município de Boticas, Fernando Queiroga, e da mesária da Santa Casa da Misericórdia de Boticas, Fátima Casas.

No regresso após este dia de usufruto e passeio, a satisfação era um sentimento partilhado por todos os participantes da excursão, motivado pela experiência proporcionada nesta viagem a Fátima, exemplarmente organizada pela Santa Casa da Misericórdia de Boticas.

PS é o grande vencedor das eleições para o PE

seguroO Partido Socialista foi o grande vencedor das eleições para o Parlamento Europeu ao obter, sozinho, mais votos que os partidos do governo, PSD e CDS, que se apresentaram em coligação nestas eleições.
Feitas as contas, o PS obteve 32% dos votos, contra os 28% alcançados pela coligação de direita.
Com este resultado o PS elegeu 9 eurodeputados, o PSD/CDS 7, a CDU 3, o MPT 1 e o BE 1.
No entanto, a grande surpresa da noite veio do MPT ao eleger o anterior Bastonário da Ordem dos Advogados, Marinho Pinto.
No distrito de Vila Real a coligação PSD/CDS ganhou as eleições por apenas 4% de diferença mas perdendo, comparativamente com 2009, perto de 20% de votos, o que é bastante significativo.
Registe-se também o facto de, no Concelho de Vila Real e no de Ribeira de Pena, o Partido Socialista ter ganho estas eleições. Para este resultado, talvez tenha contribuído o facto de, desde Outubro último, a Presidência destas Câmaras Municipais ser liderada pelo Partido Socialista.
Por outro lado, o melhor resultado alcançado pelo PS no Distrito de Vila Real foi obtido no Concelho de Montalegre onde obteve 51% de votos contra os 34% obtidos pela coligação de direita.
Registe-se também o facto de o PPV, que apresentava a profª Anabela Carvalho em 7º lugar da lista, só ter obtido 14 votos no Concelho de Montalegre, 6 dos quais na sede de freguesia.
Saliente-se também o caso da vitória obtida pelo PS na freguesia de Cabril, onde obteve 64% dos votos, pelo facto de nas últimas eleições autárquicas ter perdido a junta de freguesia para a coligação PSD/CDS. Também em Gralhas, contrariamente ao sucedido nas autárquicas, o PS ganhou as eleições.
Recorde-se que no Concelho de Murça a população boicotou este ato eleitoral em todas as mesas de voto.