topo1.jpg

Autor

Hélio Lopes

Qualidade superior.

Foi com grande satisfação que ontem acompanhei a entrevista do nosso Ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, na RTP 3. Uma evidentíssima manifestação de qualidade política superior, de resto há muito reconhecida a este nosso académico, que hoje sobraça a pasta da política externa.

De um modo muito geral, a política externa portuguesa não costuma criar grandes dificuldades, sendo um lugar que até permite realizar um brilhantismo sem grande exigência. Infelizmente para o mundo, o estado em que Barack Obama deixou o poder foi de tal ordem mau que até Donald Trump acabou por sair vencedor da recente peleja eleitoral, assim criando exigências inesperadas para quem tenha, entre nós, que desempenhar o cargo de Ministro dos Negócios Estrangeiros.

Ler mais

QUE PENA!

Como qualquer um de nós conhece bem, a esmagadora maioria dos portugueses lamentou o falecimento recente de Mário Soares, a quem foi prestado, muito justamente, um funeral de Estado. Mas este infeliz acontecimento foi ainda mais lamentável porque o impediu de poder tomar conhecimento da recente consideração da Conferência Episcopal Venezuelana. Embora não sendo uma novidade na atitude da Igreja Católica Romana, sempre que necesssário, a verdade é que se constituiria numa boa resposta em face de tantas considerações feitas por tantos sobre a ação da Igreja, para mais agora, com Francisco ao seu leme.

Ler mais

Máquina Global da propaganda.

Custa acreditar que a generalidade das pessoas interessadas e atentas não tenha já percebido a fantástica ação de propaganda que está a ser levada a cabo pelo Governo dos Estados Unidos contra a Rússia e contra Donald Trump. Como pude já expor, estão em jogo questões religiosas a nível mundial – com séculos – e futuro, mas por igual a promoção da tal nomenklatura neoliberal mundial, construída e comandada, acima de tudo, pelos Estados Unidos. Uma estrutura muito acelerada desde a entrada em funções de Tony Blair no Reino Unido – parece que pretende voltar…–, depois complementada com a chegada de Francisco à liderança da Igreja Católica Romana e de Barack Obama à presidência dos Estados Unidos. Esta estrutura estratégica de dominação e controlo mundial, a uma primeira vista, corre o risco de ruir com o BREXIT, com a Vitória de Donald Trump e com a chegada ao poder de gente que, nada tendo de belicista, tem o seu valor pátrio, de que que pretende defender a respetiva soberania.

Ler mais

A Europa em movimento.

Foi com alguma surpresa que recebi os resultados de ontem da eleição presidencial austríaca e do referendo italiano. E foi assim porque sempre me convenci que o candidato austríaco vencedor seria o que agora foi derrotado. Em todo o caso, as coisas poderão vir a ser diferentes do que aparentam.

Ler mais

O Congresso do Partido Comunista Português.

Decorreu, dentro do calendário estabelecido, mais um congresso – o vigésimo – do Partido Comunista Português. Num certo sentido, este acontecimento pouco trouxe de novo, nem produzir novidades era o seu objetivo. Mas trouxe alguns dados que ficaram agora mais claros perante todos.

Ler mais