imagem_aoutravoz_jpg.jpg

Não tenho vocação para Padeira de Aljubarrota.

Categoria: País Publicado em quinta, 24 março 2016, 17:05

 

Alguém me explica porque temos de nos defender do capital espanhol e preferir namorar capital angolano de duvidosa origem? Será que já esquecemos o que sucede quando é o governo a mandar nos negócios?

 

Através deste esclarecedor artigo, publicado por José Manuel Fernandes no OBSERVADOR (http://observador.pt/opiniao/nao-vocacao-padeira-aljubarrota/)

 

poderemos e deveremos refletir sobre a corrupção instalada na nossa sociedade.