topo1.jpg

Perto de 90 infetados com a bactéria "legionella"

Categoria: País
Publicado em domingo, 09 novembro 2014, 00:16

A maioria dos doentes infetados com a bactéria "legionella" está internada no Hospital de Vila Franca de XIra. O Diretor-geral da Saúde, Francisco George, aconselha calma, mas assume que o surto pode atingir mais pessoas.

A despedida de Durão barroso

Categoria: País
Publicado em terça, 28 outubro 2014, 22:08

Pedro Marques Lopes é mais uma daquelas chamadas figuras que, vá-se lá saber porquê, aparece diariamente na comunicação social a falar sobre a atualidade, qualquer que ela seja, desde o desporto à política.

Diogo da Fonte Moura na capa da Revista do Expresso de sábado passado

Categoria: País
Publicado em quarta, 30 julho 2014, 12:53

exorcismoA revista do semanário expresso fez, no sábado passado, uma reportagem com o Diogo da Fonte Moura, 9 anos, pastor, natural de Gralhós, Montalegre, puxando o assunto para a capa da Revista, onde se destaca o facto de na aldeia não haver outras crianças para brincar.
O sonho da vida de Diogo é ser agricultor, “para cuidar das vacas e das cabras e poder continuar a levá-las ao monte para verem a natureza daqui”.
O Digo afirma que as terras mais distantes que conhece são Vila Real e Espanha, junto à fronteira, onde foi à farmácia. A Vila Real foi ao médico. Diogo acrescenta que gostaria de ir a França, ao Porto e a Lisboa para saber como vivem as crianças de outros sítios.
O herói do miúdo é o Homem de Ferro, pois mandam-lhe tiros e não lhe acontece nada. Tem muita, muita força conseguindo até partir paredes.
Acrescenta o Diogo que, segundo o seu pai, os políticos não estão a fazer nada por nós, sendo também essa a sua opinião. Por outro lado entende que só exercem esses cargos para ganhar dinheiro. E os pobres que trabalhem, que é aquilo que o seu pai faz. Continua o Diogo, dizendo que o seu pai ganha pouquinho. Com a despesa do trator, a casa e os animais, lá se vai o dinheiro todo que ele recebe para estar a trabalhar para outras pessoas.

Passos repõem cortes salariais de Sócrates

Categoria: País
Publicado em sexta, 13 junho 2014, 17:56

SócratesO Conselho de Ministros decidiu esta quinta-feira repor os cortes salariais introduzidos por José Sócrates no Orçamento do Estado para 2011 e que vigoraram nos últimos três anos. As reduções irão incidir apenas sobre salários acima de 1500 euros e variam, de forma proporcional, entre um mínimo de 3,5% e um máximo de 10%.
O objetivo da reposição desta medida é compensar, ainda que parcialmente, o corte que estava em vigor este ano e que foi chumbado pelo Tribunal Constitucional. A medida declarada inconstitucional valia mais de 600 milhões de euros e abrangia todas as remunerações acima de 675 euros. Já os cortes que agora irão ser repostos deverão render apenas metade do valor se foram aplicados durante um ano inteiro.
A entrada em vigor do diploma hoje aprovado, e que inclui também a tabela salarial única, dependerá do processo legislativo e o Governo pretende que seja o mais brevemente possível. Em 2015, esta redução salarial começará a ser progressivamente eliminada e, "o mais tardar em 2019", assegurou Maria Luis Albuquerque, terá desaparecido.
Para já, o Governo não vai avançar com medidas para compensar o impacto da decisão do Tribunal Constitucional o que vai implicar que Portugal não receba a última tranche do empréstimo da troika no valor de 2,6 mil milhões.
Os cortes acima de 1500 euros estiveram em vigor entre 2011 e 2013. No início deste ano, o Governo passou a aplicar cortes entre 2,5% e 12% nos salários acima de 675 euros brutos. Os juízes chumbaram a medida (sem efeitos retroativos) e os salários de junho foram processados sem a aplicação de qualquer corte, recuando a valores de 2010.