topo1.jpg

Comissão Europeia premeia o Pastel de Chaves

Categoria: Região Publicado em terça, 02 junho 2015, 23:31

pasteisNo passado dia 26 de maio o Concelho de Chaves viu a Comissão Europeia adicionar o Pastel de Chaves à lista de 1 200 produtos com Indicação Geográfica Protegida, sendo este “título” uma mais-valia para este produto tipicamente Flaviense.

Na hora da vitória António Cabeleira, Presidente da câmara Municipal de Chaves, puxou dos galões lembrando “quem teve sucesso com esta iniciativa”. Em primeiro lugar, “a ex-vereadora Maria de Lurdes, que iniciou o processo”. Depois, destacou os serviços técnicos da Câmara, encabeçados pela Dr.ª Cristina Morais e a ACISAT. Dentro desta associação elogiou a Dr.ª Ana Coelho. António Cabeleira acrescentou que com esta certificação foi, finalmente, reconhecido o Pastel de Chaves como um produto de qualidade, localizado numa área específica do território Europeu.

De referir que, diariamente, são produzidos cerca de 25 000 pasteis sendo que alguns produtores já o fazem em exclusivo. Naturalmente que com esta distinção é espectável que a produção diária aumente, tal como o número de produtores.

Por outro lado, é de salientar que está já a decorrer o processo de certificação do Folar de Chaves, estando também a dar-se os primeiros passos para a certificação do Presunto. Relativamente a este último produto, o autarca de Chaves não conseguiu disfarçar o ciúme relativo ao Presunto de Barroso e o incómodo que a certificação do deste produto lhe causou, visto que inclui o Concelho de Chaves na sua área geográfica.