imagem_aoutravoz_jpg.jpg

Umberto Cerqueira critica, violentamente, o funcionamento dos partidos

Categoria: Região Publicado em quinta, 30 julho 2015, 23:44

Umberto CerqueiraO presidente da Câmara Municipal de Mondim de Basto, Umberto Cerqueira, em entrevista ao jornal A Voz de Trás os Montes critica ferozmente o funcionamento dos partidos, nomeadamente aquele de que faz parte, o Partido Socialista. Quando questionado se dentro do partido socialista, tem alguma caminhada em mente, respondeu: “o meu projeto imediato é terminar este mandato, fazer o melhor possível, ser candidato em 2017, ganhar as eleições novamente e fazer aquele que será o último mandato.

Em termos de política distrital não está nos meus horizontes nenhum projeto, mas gostaria de contribuir, porque tenho um olhar crítico sobre o funcionamento dos partidos e sobre o sistema político. Apesar de ser militante, dirigente concelhio, distrital e nacional, tenho um olhar crítico e não excluo a possibilidade de, um dia, se houver condições, se houver mais pessoas a pensar como eu, poder contribuir para uma mudança, incluindo no PS, porque a crítica que faço é transversal. A vontade era, durante o meu percurso político, ajudar a construir um sistema diferente do que existe. Muitas vezes as máquinas partidárias têm muita dificuldade em mudar e, ou os partidos se regeneram, mudam de práticas e de rostos, ou isto vai correr mal, porque as pessoas cada vez menos se revêm nos partidos e nos políticos. Há muitas aspetos a corrigir, muita coisa a mudar, e muita gente a pensar como eu. Não tenho nenhuma ambição, a minha função neste momento está reservada ao meu compromisso com as pessoas. Mas se um dia surgir a oportunidade de contribuir para um projeto que mude alguma coisa, estarei disponível, porque os partidos políticos têm que mudar por dentro.